loader image

COMO ESCOLHER O MODAL PARA IMPORTAÇÃO

Embora o Comércio Internacional e a Logística possam ser percebidos como áreas diferentes, elas estão diretamente conectadas. Pessoas e empresas se conectam por meio dos meios de transporte, sendo movimentados de um lado ao outro do mundo. A complexidade das operações no comércio internacional torna essencial o conhecimento dos modais logísticos para garantir o melhor desempenho dos processos de exportação e importação em termos de custo, prazo e qualidade.

 

Em um ambiente globalizado, as cadeias logísticas competem com os produtos. Eles exigem a cooperação de fabricantes, distribuidores e operadores logísticos para alcançar a mais alta eficiência e o menor custo possível em cada produto, com a disponibilidade e flexibilidade necessárias.

 

O importador e exportador hoje tem à sua disposição vários modais logísticos. A escolha do tipo de transporte dependerá de vários fatores, como urgência, custo, quantidade do produto entre outros.

 

No Brasil, temos que ter um cuidado especial na escolha do modal, principalmente na importação, pois impostos na importação tem como base o frete internacional

 

Logística no comércio internacional

 

A definição do modal de transporte deve ser feito a partir do momento em que a empresa decide exportar ou importar um produto. Isso afeta tanto o design dos materiais de embalagem quanto os termos de entrega que serão acordados no contrato de venda, entre outras coisas.

 

Além dos custos específicos de qualquer operação logística, os principais elementos que devem ser considerados são:

 

  • Natureza e características da mercadoria.
  • Unidade de carga.
  • Modo de transporte.
  • Processo de transporte.
  • Legislação e regulamentos.
  • Logística no contrato internacional de venda

 

MODAIS LOGÍSTICOS

 

1- AÉREO

2- MARÍTIMO FRACIONADO

3- MARÍTIMO CONTAINER FECHADO

4- RODOVIÁRIO

 

Marítimo FCL (container fechado)

  • Conceito: Embarque de mercadorias em contêiner fechado (exclusivo) com cargas de um único importador. O transporte principal é aquele realizado entre o porto de origem e porto de destino.
  • Carga: Embarques Marítimos Full Contêiner são configurados por mercadorias com baixo ou alto valor agregado e alto peso bruto e volume.
  • Transit Time: China aproximadamente 60 a 75 dias de Transit Time total (da produção no exportador à entrega no local do importador). Tempo de viagem entre portos de aproximadamente 30 a 40 dias.

Marítimo LCL (less than container load)

  • Conceito: Embarque de mercadorias em um contêiner compartilhado entre vários importadores. Ocorre quando a quantidade não é suficiente para fechar um contêiner exclusivo. O transporte principal é aquele realizado entre o porto de origem e porto de destino.
  • Carga: Embarques marítimos fracionados são configurados por mercadorias com baixo ou alto valor agregado e que não possuem volume que justifique embarques pelo modal aéreo ou Marítimo Full Contêiner.
  • Transit Time: China aproximadamente 75 a 90 dias de Transit Time total (da produção no exportador à entrega no local do importador). Tempo de viagem entre portos de aproximadamente 30 a 40 dias.

Aéreo

  • Conceito: Embarque de mercadorias através de aeronaves. O transporte principal é aquele realizado entre o aeroporto de origem e aeroporto de destino.
  • Carga: Embarques aéreos são configurados por mercadorias com alto valor agregado e baixo peso bruto e volume.
  • Transit Time: China aproximadamente de 2 a 3 dias de viagem internacional e 15 dias de Transit Time total (da produção no exportador à entrega no local do importador).

Rodoviário

  • Conceito: Embarque de mercadorias realizadas por transportadoras rodoviárias que possuem a permissão de fazer o transporte de mercadorias de terceiros países com o qual o Brasil possui fronteiras territoriais. O transporte principal é aquele realizado entre o local do exportador e o importador, ou entre local do importador e a aduana de destino das mercadorias (local de desembaraço das mercadorias no Brasil).
  • Carga: Embarques rodoviários são configurados por aqueles realizados entre países fronteiriços como Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia. O tipo de carga poderá variar em valor, peso e volume.
  • Transit Time: Aproximadamente 2 a 3 dias de Transit Time total (do exportador ao importador).

Fonte: ibsolutions.com.br

 

CONTE COM ESPECIALISTAS:

 

Ainda está em dúvida qual o modal perfeito para sua operação de importação? Conte com nosso time de especialistas para lhe orientar! Contato: (47) 2033-6771 ou contato@cnegocios.com.

Deixe seu comentário

Open chat
Atendimento Online